Cinco lições que o filme “O Começo da Vida” ensina sobre Primeira Infância

Compartilhar

  • 0
  • 29508

“Quando você dá atenção ao começo da história, ela pode mudar por inteiro”. É esta ideia que inspira o documentário O Começo da Vida, que estreia no próximo dia 5 de maio de 2016 nos cinemas brasileiros. O longa-metragem aborda a importância da Primeira Infância e dos relacionamentos que acontecem nessa fase para o desenvolvimento de cada ser humano.

A reportagem a seguir elenca cinco lições importantes que o filme ensina ao público: que bebês não são uma tábula rasa; que investir na primeira infância é formar adultos bem-sucedidos; que o envolvimento do pai é muito importante; que brincar é aprender; e que todos são responsáveis pelo desenvolvimento das crianças.

Apresentado pelas instituições Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (uma das responsáveis pelo Radar da Primeira Infância), Bernard Van Leer Foundation, Instituto Alana e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o documentário foi gravado em nove países: Brasil, China, França, Itália, Argentina, Estados Unidos, Quênia, Índia e Canadá.

(Foto: reprodução de “O Começo da Vida”)

Compartilhar

Deixe seu comentário

O Radar nas redes sociais

Iniciativa

Apoio

Iniciativa

Apoio