Como o estresse paterno afeta o desenvolvimento infantil?

Compartilhar

  • 0
  • 7217

A maioria dos estudos que investigam a influência do estresse parental nas crianças utilizam como base a relação entre mães e filhos. O estudo a seguir, por sua vez, examinou os efeitos do estresse paterno durante a Primeira Infância, em relação ao desenvolvimento de linguagem e cognição. Além disso, discute se essa influência pode variar entre meninos e meninas.

Os resultados mostraram que o estresse paterno pode ser um preditor de baixo desenvolvimento cognitivo, mas sem diferenças entre meninos e meninas. Em relação à linguagem, os meninos são mais suscetíveis aos efeitos do estresse paterno. Os pesquisadores sugerem que os pais, além das mães, devem ser incluídos em intervenções e pesquisas sobre parentalidade.

(O conteúdo completo deste artigo está disponível somente em inglês e para assinantes do periódico)

Compartilhar

Deixe seu comentário

O Radar nas redes sociais

Iniciativa

Apoio

Iniciativa

Apoio