Documentário aborda questões relacionadas ao parto normal

Compartilhar

  • 0
  • 1475

A Organização Mundial de Saúde afirma que os países devem manter um índice próximo a 15% de cesarianas em seus serviços públicos e privados de saúde. No entanto, no Brasil, registram-se índices superiores a 46% na rede pública e 88% na rede privada. O documentário “Parir é Natural”, mostrado a seguir, investiga as razões desses índices, através de depoimentos de profissionais de saúde, grávidas e mulheres que tiveram seus bebês em serviços públicos e privados.

Lançado em setembro de 2015, o documentário possui 20 minutos e será distribuído pelo Selo Fiocruz Vídeo. O objetivo do vídeo é discutir o modelo de formação médica, a necessidade da inserção de novos profissionais no parto, e a importância da rede de apoio que as mulheres constroem entre si. O vídeo fala como esses são elementos fundamentais para que se chegue a um novo modelo de assistência sem violência e que devolva à mulher o protagonismo sobre seu corpo e o nascimento de seus bebê.

Compartilhar

Deixe seu comentário

O Radar nas redes sociais

Iniciativa

Apoio

Iniciativa

Apoio