Método Canguru: manual para seguimento entre atenção hospitalar e básica

Compartilhar

  • 1
  • 1575

Uma das estratégias para a redução da mortalidade neonatal, utilizada pelo governo brasileiro, é o Método Canguru, que integra a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (PNAISC), do Ministério da Saúde. O Método Canguru foi instituído no Brasil desde o ano 2000 e reúne diretrizes de cuidado e atenção a recém-nascidos internados em unidades neonatais que utilizam os melhores conhecimentos científicos envolvendo também os pais e a família.

O manual a seguir orienta a atuação dos profissionais de atenção básica para o atendimento a bebês que receberam alta após passarem pelo método canguru em unidades neonatais. A Estratégia Saúde da Família (ESF) é uma grande aliada para garantir a continuidade da assistência prestada ao bebê e sua família, garantindo visitas domiciliares, atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) e retorno do lactente às consultas hospitalares até atingir o peso ideal.

Compartilhar

Deixe seu comentário

  • MARINA CARVALHO DE MORAES BARROS comentou:

    Excelente publicação para auxiliar os profissionais de saúde no seguimento ambulatorial de prematuros

O Radar nas redes sociais

Iniciativa

Apoio

Iniciativa

Apoio