Por que as crianças estão sofrendo com depressão e ansiedade cada vez mais cedo?

Compartilhar

  • 1
  • 4664

A reportagem a seguir mostra como pais e cuidadores podem estar atentos a alterações comportamentais que possam indicar problemas relacionados à depressão em crianças. O texto cita como exemplo o caso da Universidade de Sussex, na Inglaterra, que em um período de um ano registrou cerca de 3.000 crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos de idade, encaminhados para tratamentos psicológicos.

Os especialistas afirmam que esses pacientes estão sofrendo casos de estresse devido à pressão das redes sociais, exames escolares e até a sexualização precoce, que abre portas para práticas criminosas como a pedofilia. A psicóloga e psicanalista Christine Bruder, fundadora do Primetime Child Development, destaca no texto alguns aspectos que podem servir como alerta para cuidadores: alterações significativas no padrão da alimentação, digestão e sono; diminuição do interesse em brincar e explorar o mundo; e aumento ou diminuição da atividade física.

Compartilhar

Deixe seu comentário

  • Mônica Melo Barbosa comentou:

    Achei muito interessante! E gostaria de poder está sempre recebendo informações de vocês, obrigada!

O Radar nas redes sociais

Iniciativa

Apoio

Iniciativa

Apoio