Tornar-se pai altera o cérebro dos homens

Compartilhar

  • 0
  • 3282

Diversas culturas ao redor do mundo acreditam que as mulheres nascem prontas para tornarem-se mães. Mas um estudo realizado em Israel sugere que cuidar de crianças “desperta” no cérebro uma rede de conexões voltadas tanto para a maternidade quanto para a paternidade.

A pesquisa sugere que as bases neurais do chamado instinto materno não são exclusivas das mulheres, ou ativadas somente pelos hormônios, mas podem ser desenvolvidas em qualquer pessoa que decida ter um filho. A reportagem a seguir apresenta os principais achados do estudo, realizado por meio de visitas domiciliares a famílias e exames com ressonância magnética.

Compartilhar

Deixe seu comentário

O Radar nas redes sociais

Iniciativa

Apoio

Iniciativa

Apoio